Como a gamificação NFT está mudando a indústria de jogos

News
1 Comentário

 Os Tokens não fungíveis – NFTs  estão revolucionando o mundo com sua tecnologia inovadora e alguns dos maiores crescimentos foram no mercado de jogos, com um número crescente de jogadores e investidores do mercado cripto se dedicando aos jogos NFT.

Ao utilizar a tecnologia blockchain e sua vasta utilidade, é possível que os jogadores usem personagens, mercadorias, habilidades especiais e outros objetos negociáveis ​​em jogos. E talvez o mais importante para alguns, eles permitem que os jogadores consigam gerar uma renda extra através dos jogos “play to earn”.

Esses NFTs podem acumular valor ao longo do tempo ou à medida que o jogo ganha popularidade. E mais importante: os jogadores podem emitir NFTs em alguns jogos, adicionando novos conteúdos ao mundo dos cripto games. Assim, a popularidade dos jogos NFT criou uma comunidade de jogadores, investidores em criptomoedas e fanáticos pela tecnologia.

 Outros exemplos incluem o Metaverso onde os jogadores constroem e criam seus próprios terrenos virtuais. Os usuários também podem interagir com seus vizinhos dentro do jogo, realizar atividades e ganhar recompensas por suas conquistas. A maioria dos ativos e recompensas serão NFTs que variam em seu grau de raridade.

 A gamificação NFT pode funcionar de várias maneiras. Vamos abordar quatro delas a seguir.

  1. Possibilidade de obter renda extra através de jogos “play to earn”

No mercado de jogos tradicionais, os usuários compram itens e atualizações que os ajudam dentro do game, mas com nenhum retorno econômico real. No novo modelo Play-to-Earn funciona como uma fonte de renda para os jogadores que ganham recompensas financeiras por suas atividades em um jogo.

 Geralmente, existem duas maneiras de ganhar jogos pay-to-earn: negociando NFTs ou ganhando recompensas em criptomoedas no jogo.

  1. A ascensão das guildas play-to-earn

Uma guilda de jogos é uma coleção ou grupo de jogadores que se organizam para jogar juntos e compartilhar dados. A popularidade dos jogos descentralizados criou as Guildas Play-to-Earn que ajudam os novos jogadores a começar.

 Os membros da guilda podem “alugar” ativos no jogo e evitar pagar a taxa, que muitas vezes são caras, para comprá-los, diminuindo assim a barreira de entrada nos jogos NFT. O credor recebe uma porcentagem dos ganhos do jogador enquanto o mesmo obtém o que precisa para começar a jogar.

As Guildas são fenômenos recentes que contam com o sucesso do espaço de jogos NFT e sua demanda. É uma situação “ganha-ganha” para ambos os lados do relacionamento, trazendo liquidez para o jogo e uma maior possibilidade de crescimento dos jogos e comunidades.

  1. Interoperabilidade dos ativos do jogo

Um dos maiores aspectos da gamificação NFT é o elemento de interoperabilidade.  Os jogos baseados em blockchain possuem interoperabilidade – a capacidade de usar ativos de jogos individuais em vários jogos, se permitido.

  1. Staking dos NFTs

O staking dos NFTs é outro mecanismo interessante.Alguns jogos NFT permitem que os usuários bloqueiem NFTs ou criptomoedas em contratos inteligentes que, por sua vez, geram recompensas.

 Os jogos modelos “play to earn” têm um potencial incrível de crescimento. Isso porque, além de entreterem, oferecem a possibilidade de ganhar uma renda extra ou até mesmo, em alguns casos, viver desse tipo de jogo.

Estamos apenas no começo do processo e, por isso, vale a pena acompanhar o progresso desse modelo que tem tudo para crescer bastante nos próximos anos.

 

Fonte: Tc-School

1 Comentário. Deixe novo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Latest Posts

Related Posts

Menu